quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Pausa no sonho

Esta jovem sonhadora que vos escreve está num momento de conclusão de etapa... este ano tem sido uma maratona de desafios, alegrias e tormentas, e não se encontra em sintonia para continuar a descrever o seu sonho.....

seu sonho que se confunde com sua vida....

vivendo mundos paralelos....

assim que possível, a jovem sonhadora, voltará a escrever seu sonho, contar a história do anjo, e desvendar esta psique alienigena....

domingo, 14 de novembro de 2010

Primeiras impressões do mundo

O anjo ao nascer humano, era pequeno, frágil, e não deixava de parecer com um anjo... cabelos escuros e olhos de girassol... uma menina bonita com um sorriso aconchegante num rostinho tão delicado... mas era um mundo estranho, ao nascer as cores eram turvas, não se via quase nada... depois de nove meses num ventre quentinho, confortável, um tanto barulhento, alimento em fartura e sentindo tanto carinho... o novo mundo era aterrorizante... além do frio.... mas logo encontrou o calor daquela que foi responsável por trazer nosso anjo a esta terra... a mãe... uma mãe carinhosa e sincera que sempre estaria com ela em todos os momentos de sua jornada... até que a desta alma tão doce termine e volte para o lar comum a todos...

A mãe de nosso anjo (que a partir de agora vou mencionar apenas como menina) era professora primária... e sabia que o bebê em seu colo era especial...

Aos poucos a meninha foi descobrindo este novo mundo, conheceu o cheiro do leite que a alimentava, o cheiro e forma das pessoas da família que a acolheu ( pai, irmã), depois conheceu o resto da familia, os sons do ambiente, os cheiros, texturas, cores e sabores.... cada descoberta era uma vitória, alguns meses depois já estava engatinhando pelo chão, foi então que um novo universo se abriu para nossa menininha... os bichinhos que viviam no chão passaram a ser seus conhecidos... e ao aprender a andar... o mundo se tornou maior...

Agora já alcançava coisas que não conseguia ver antes... jogava coisas pela janela do apartamento, ouvia as estórias que lhe contavam, se maravilhava com as figuras que lhe mostravam... e envolta entre tantas letras e números... e não demorou muito para aprender a ler e escrever... abrindo as portas mágicas desta dimensão...

Desculpas pelo sumiço...

Peço desculpas por ter deixado este blog sem postagens por tanto tempo... mas furacões e terremotos passaram em minha vida e não permitiram que escrevesse aqui... mas estou de volta... pronta para continuar escrevendo os caminhos desta jovem sonhadora...

Finalmente a história vai começar...

O anjo desceu a terra dos homens como uma linda menina, que desde a escolha de seu nome deve seu caminho marcado por uma energia especial... a família escolhida para acolher o anjo em sua visita pela Terra, era simples, vivia na periferia da capital de um país chamado Brasil, numa época em que a liberdade política era consolidada numa constituição....

E apesar de o mundo viver um momento tenso de sua história, o anjo abriu os olhos neste mundo, numa tranquila e bela noite de primavera...

Como conseguência da mudança de mundos, o anjo se esqueceu do mundo em que vivia... e como um bebê humano recém-nascido começou uma incrível jornada...

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

O sonho da jovem sonhadora...

Na verticalidade temporal de tempos imemoriais, um anjo olhava para a humanidade e conversava com Deus que organizava seu grande livro da vida. Deus lhe explicava como funcionava essa 'vida', o anjo encantado ouvia maravilhado, e acabou por adormecer, Deus em sua imensa sabedoria sabia que aquele era o momento de seu anjo havia escolhido em voltar para humanidade...

e assim começa a jornada de um anjo, uma parte de Deus....

Decisão

Nuvens carmesins, densas como paredes de concreto, me envolveram numa dança em frenesi... e me levaram a um novo caminho....

E quando tudo parou me encontrei em frente a um espelho d'agua em meio a um abismo azul...
o espelho d'agua me atraiu até sua borda e pude ver meu reflexo em suas águas cristalinas, mas a imagem não era o que se veria num espelho comum, refletia a mais profunda essencia de quem olha ou o que se mostra sobre si.... e uma onda cósmica dominou meu ser...
e tomei uma decisão...

me banhei nas águas mergulhando no abismo... voando para quem realmente sou...

terça-feira, 6 de abril de 2010

Apresentação

Olá... esqueci de me apresentar, meus amigos me chamam por Monaninha, e gosto de ser chamada assim, sou uma jovem estudante universitária, quase formada, que ama as palavras e toda e qualquer arte...
Alguns dizem que eu vim de outro planeta, e talvez eles tenham razão...
Sou mãe solteira de um lindo menino de dois anos, amo música, gosto de cantar, dançar, passear, ver as nuvens, dormir, brincar com meu filho, contar histórias, assistir filmes e desenhos animados, ler muito, fazer palavras cruzadas, conversar, olhar a lua e as estrelas, viajar nos pensamentos, chorar de emoção, rir do nada, cuidar dos meus amigos, e principalmente sonhar...
Levo uma vida simples, porém com muitos altos e baixos, sempre caio ou escolho até inconscientemente os caminhos mais difíceis para realizar meus sonhos e objetivos... sou um tanto complicada, meio perfeccionista, um tanto atrapalhada, ora avoada ora centrada demais, meio insegura, muito sensível, carinhosa e um tanto diferente em relação ao modo de ver a vida ...

talvez eu não exista e seja só mais uma invenção da minha imaginação ou de outra pessoa...

sejam bem vindos ao meu blog ou de quem quer que seja esta criatura que aqui escreve...

OLÁ

Olá...
....
....
onde estão as palavras que fluem em minha mente e em meu coração... são tantas histórias, filmes, livros, músicas, .... tanta coisa que ao deparar com uma folha se esvai, tudo fica nublado, e meus sonhos se vão...

...

por onde andarei agora...

...

estou caminhando num belo jardim, a uma grande floresta a minha frente rodeada por imponentes e majestosas montanhas, há um caminho de pedras lilases que adentram a floresta, o perfume adocicado do lugar me embriaga, a noite está chegando, e olho para o outro caminho de pedras carmesim que levam a um jardim de rosas negras, e para além de bosques, montanhas e vulcões.

...

que caminho devo seguir?